SSP empregará mais de 700 homens no São João de Maceió e Região Metropolitana

A Secretaria da Segurança Pública apresentou, durante coletiva de imprensa nesta quinta-feira (21), o plano integrado de segurança para os festejos juninos de Maceió e Região Metropolitana. Serão empregados mais de 700 agentes de segurança diariamente nas cidades onde haverão festejos. O reforço ocorrerá entre os dias 21 e 30 de junho.

O secretário da Segurança Pública, Lima Júnior, explicou que o plano foi construído de forma integrada entre todas as forças policiais que integram a Segurança Pública de Alagoas com o objetivo de promover uma cobertura a toda a capital e Região Metropolitana e desta forma garantir a segurança da população.

“O trabalho será feito de forma integrada para garantir que não haja ocorrências nem outros delitos e assim consigamos mais um grande resultado durante os festejos juninos”, afirmou.

Diariamente durante os dias de festas serão empregados mais de 700 agentes de Segurança Pública, entre policiais civis, militares, bombeiros e agentes do Ronda no Bairro.

Na Barra de São Miguel, Barra de Santo Antônio, Coqueiro Seco e Paripueira o policiamento será realizado pela unidade policial que atenda a cidade, que contará com o reforço de viaturas da Força Tarefa e equipes da Asfixia, da Polícia Civil.

Já em Satuba, Messias e Santa Luzia do Norte haverá policiamento realizado pela unidade policial que atende as regiões e Força Tarefa, Batalhão Rodoviário (BPRv) e o Batalhão Ambiental (BPA).

No município de Rio Largo, o policiamento foi iniciado no dia 09 e segue até o próximo dia 29. A Polícia Militar utilizará equipes do 8º Batalhão, da Força Tarefa, Radiopatrulha, BPTran, Regimento de Polícia Montada (RPMon) e do Batalhão de Operações Especiais (Bope). Já a Polícia Civil irá empregar equipes da Operação Policial Integrada Litorânea (Oplit).

Em Marechal Deodoro, além dos festejos realizados no início do mês, as equipes policiais irão realizar policiamento ostensivo entre 23 e 29 de junho. A Polícia Militar irá empregar unidades do 8º BPM, Radiopatrulha, BPTran, Regimento de Polícia Montada (RPMon) e do Batalhão de Operações Especiais (Bope). Já a Polícia Civil irá empregar equipes da Operação Policial Integrada Litorânea (Oplit).

No Pilar, o policiamento será realizado pela Força Tarefa, Bope, Radiopatrulha, 8º Batalhão, RPMon e o Tático Integrado de Grupos de Resgates Especiais (TIGRE) da Polícia Civil.

Na capital, os 54 arraiais espalhados pelos bairros contarão com policiamento do Batalhão de Polícia de Guardas (BPGd), 5º Batalhão, 4º Batalhão, 1º Batalhão e Batalhão de Eventos (BPE). Além disso, haverá emprego de guarnições da Força Tarefa.

No São João do Jaraguá, o policiamento ficará por conta do Bope, Radiopatrulha, BPTran, Força Tarefa, além de uma base móvel da Oplit, Ronda no Bairro e o ônibus de videomonitoramento.

O Corpo de Bombeiros instalará uma base pré-hospitalar. A região também contará com equipes da SMTT e Guarda Municipal.

No São João do Benedito Bentes, o esquema de policiamento será feito por equipes do Bope, Radiopatrulha, 5º Batalhão, Força Tarefa, BPTran, RPMon e uma base de atendimento do Corpo de Bombeiros.

Além das equipes especializadas realizando policiamento, a Polícia Civil irá realizar entre os dias 21 e 29 confecção de Boletins de Ocorrência (BO) e Termos Circunstanciados de Ocorrência (TCO) na base da Oplit na Ponta Verde e na base móvel montada no bairro do Jaraguá, e no 8º Distrito Policial. Já a confecção de flagrantes será realizada na Central de Flagrantes, no bairro do Farol, e Complexo de Delegacias Especializadas (Code), no bairro da Mangabeiras.

Ascom – 21/06/2018

(Visited 17 times, 1 visits today)